28/09/2011 - Prefeitura manda Center Norte fechar as portas

28/09/2011


Com multa é de R$ 2 milhões, determinação deve ser cumprida em 72 horas. Medidas para conter o vazamento de metano do solo foram insuficientes

André Vargas

A prefeitura de São Paulo determinou nesta terça-feira que o Shopping Center Norte, próximo à Marginal do Tietê, suspenda suas atividades no prazo de até 72 horas. A notificação foi entregue no final da manhã. Também foi aplicada uma multa dois milhões de reais por descumprimento das determinações de órgãos ambientais.

O estabelecimento só poderá reabrir as portas após apresentar uma alternativa para conter a contaminação por gás metano, presente no solo. O shopping foi erguido nos anos 80 sobre um aterro sanitário. Para a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, as medidas apresentadas pelo estabelecimento para drenar o gás para a atmosfera foram insuficientes. O shopping também deverá demolir até 30% do pavimento de sua área de estacionamento para permitir a saída natural do gás. Uma árvore deverá ser plantada a cada 40 metros quadrados. O projeto com as alterações deve ser apresentado em até 30 dias. 

De acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), há risco de explosão em áreas sem ventilação, como depósitos de lojas e galerias de esgoto e telefonia. O metano não é tóxico aos seres humanos.

Contaminação – A medida da prefeitura tem prazo indeterminado e só vai ser cancelada quando for apresentada uma solução definitiva para o problema ambiental. A direção do shopping deve emitir um comunicado oficial sobre a decisão no decorrer da tarde.

Na terça-feira passada, o shopping publicou uma nota de esclarecimento em que afirmava que o metano não oferecia risco à saúde e que as medidas necessárias para conter o gás estavam em andamento sob a supervisão de órgãos ambientais. Não foi o suficiente.

A contaminação foi detectada na área das lojas pelos técnicos da Cetesb nos dias 17, 21 e 22 julho, em um índice acima de 5%, suficiente para uma explosão. O empreendimento possui 110 000 metros quadrados, onde funcionam 311 lojas e circulam cerca de 800 000 pessoas durante os finais de semana. No complexo também funcionam Lar Center, Expo Center Norte e Novotel, que não estão sob risco, mas seguem monitorados. O estacionamento do Lar Center também foi afetado pela medida da prefeitura.

A Cetesb afirmou que o gás pode ter vazado por entre as trincas do piso.

Cingapura – Nas proximidades do shopping, na Avenida Zachi Narchi, há um conjunto habitacional Cingapura onde também foi detectada a presença de metano nas medições da Cetesb feitas em 16 de julho. Em seus 35 prédios vivem cerca de sete mil pessoas.

Para a prefeitura, ali a concentração de gás não é preocupante, pois a área é limítrofe, enquanto o Center Norte fica sobre o antigo aterro.
(Fonte:veja.abril.com.br)






Notícias Anteriores


03/10/2011 - Bolsa Verde vai beneficiar 73 mil famílias até 2014
30/09/2011 - Soluções para o problema dos Resíduos Sólidos
30/09/2011 - Juiz do Pará manda suspender obras da hidrelétrica de Belo Monte
30/09/2011 - “É preciso sair do capitalismo”
29/09/2011 - Florianópolis debate enfrentamento de desastres naturais
29/09/2011 - Amores brutos
29/09/2011 - Parlamentares aproveitam decreto do governo para reduzir reservas
28/09/2011 - Nova tecnologia da Atlas Copco reaproveita energia do compressor
28/09/2011 - Rio+20 cria grande mural sobre experiências sustentáveis
28/09/2011 - Prefeitura manda Center Norte fechar as portas

Página: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24


Rua Santos Saraiva, 840 - salas 402/404 - Estreito - Florianópolis/SC - CEP: 88070-100 - Fone: (48) 3225-6074